Translate

sábado, 16 de agosto de 2014

Ocupada.

Tenho saudades de quando as pessoas apareciam sem avisar.
Um Sábado à tarde e lá aparecia um tio, um primo, um amigo, de surpresa.
Hoje em dia pensamos sempre que os outros estão ocupados, como os outros pensam que estamos e então ninguém acaba por aparecer, nem sequer por perguntar.
Passam-se semanas ou meses sem vermos determinadas pessoas cujas companhias até nos agradam, só porque assumimos que hoje em dia toda a gente anda ocupada.
Não é triste?

Sem comentários:

Enviar um comentário